WebMail  

Pessoas que inspiram: Conheça Bethina Nunes Leite e sua trajetória na Cocari

29/05/2019 - 09:50:47  Cocari



Mulher forte, responsável e competente, Bethina Nunes Leite, aos 25 anos, é gerente da unidade de Ipameri-GO e dona de uma trajetória inspiradora tanto em sua vida profissional quanto pessoal.


Muito ligada à sua família, Bethina conta que seu nome foi escolhido pela mãe, Líbia Nunes Leite, por dois motivos. “Minha mãe tirou meu nome de uma novela, ela viu e gostou. Além disso, toda a família do meu pai tem nomes que se iniciam com a letra B e nós quisemos manter a tradição”, conta. Original de Manaus, a família é formada pela mãe, Líbia Nunes Leite; pelo pai, Bethiman Ribeiro Leite; o irmão, Bethiman Ribeiro Leite Junior; e Bethina. Devido ao trabalho do pai, ela acostumou-se a mudanças. “Como meu pai é militar, nós andamos pelo Nordeste, Rondônia e acabamos em cristalina em 2010”, conta. Para a mãe, Líbia, Bethina é um sonho realizado. “Quando eu estava grávida, achávamos que era um menino, mas meu sonho era que viesse uma menina. E ela nasceu!”, conta. Além disso, o espírito de independência de Bethina apareceu desde cedo. “Com um ano de idade, ela queria entrar no mar e nadar sozinha. Hoje ela é responsável por uma unidade, onde muita coisa depende dela. Isso mostra que ela deixou de ser uma menina e se tornou uma mulher responsável”, revela a mãe orgulhosa. Sobre a trajetória profissional da filha, Líbia reforça o empenho de Bethina. “Nós temos muito orgulho de ver ela chegar onde chegou aos 25 anos, com responsabilidade, lucidez e determinação. Ela não veio até aqui brincando, mas lutando e se qualificando constantemente em um campo predominantemente masculino”, ressalta. O pai, Bethiman, também se emociona ao falar da filha. “A Bethina é um orgulho, uma menina muito especial. Ela sempre foi dedicada aos estudos, à família”, elogia. O lado profissional também é motivo de orgulho para o pai. “A Bethina sempre teve foco no trabalho, essa disciplina vem de berço”, conta. O amor da filha pelo trabalho e pela Cocari transborda no ambiente familiar. “Ela sempre fala muito da cooperativa, até eu sou apaixonado pela Cocari de tanto ouvir os elogios da Bethina. Se a Cocari é uma grande família para ela, para nós também é”, afirma.


Bethina faz parte de uma geração de mulheres que, cada vez mais, conquista espaço em segmentos antes dominados pela presença masculina. Nesse sentido, ela acredita que as mulheres podem assumir o papel de porto de seguro, de fortaleza, trazendo equilíbrio em todos os segmentos de suas vidas. Dessa maneira, a mulher tem o poder de somar forças em busca de bons resultados. “Eu busco ser uma estabilizadora no ambiente de trabalho, usando o equilíbrio entre razão e emoção que é próprio da mulher. Faço questão de ressaltar, sempre, que nós podemos andar todos juntos!”, conta. Na visão da gerente, assumir um cargo de responsabilidade como o dela demonstra o espaço já conquistado pelas mulheres no mercado de trabalho. “Aqui em Ipameri, por exemplo, eu vejo que muitas mulheres comandam suas fazendas, cuidam de tudo, estão representando o crescimento da mulher no agronegócio, somando esforços”, pontua. Bethina é formada em Recursos Humanos, Administração, e possui  pós-graduação em gestão de pessoas. “Eu investi em mim, no meu trabalho e no meu crescimento”, afirma a jovem que integra o quadro de colaboradores da Cocari desde os seus 18 anos de idade. “Eu comecei a trabalhar na cooperativa assim que completei 18 anos, foi meu primeiro emprego”, recorda, frisando o fato de que se lembra exatamente de seu primeiro dia na cooperativa: 1 de novembro de 2011.


Muito jovem, Bethina entrou na Cocari com a função de auxiliar administrativa. Com dois anos de cooperativa, ela passou a ser assistente administrativa e, depois 3 anos, passou para o cargo de encarregada. Demonstrando competência, responsabilidade e comprometimento com seu trabalho, em junho de 2018, Bethina passou a atuar como supervisora. Sempre em busca de crescimento, ela conta seu percurso até a gerência da unidade de Ipameri-GO.  “Quando abriu a vaga para a gerência de Ipameri, eu me candidatei e passei pela seleção”, revela satisfeita. “Hoje eu sou muito feliz e realizada na Cocari, não há como mensurar minha felicidade e satisfação em estar aqui”, completa com entusiasmo.Referindo-se, ainda, ao momento em que assumiu a gerência, Bethina revela que, em seu entendimento, é preciso sair da zona de conforto para alcançar grandes marcas. “Quando a gente se arrisca e passa para uma função como essa, de grande responsabilidade, a satisfação em alcançar bons resultados também aumenta”, conta. Sempre com os olhos brilhando ao falar da cooperativa, a gerente declara: “a Cocari significa muito para mim, não há um dia em que eu me levante e não venha trabalhar disposta e realizada. Somos uma família”.


Acreditando na união inerente ao cooperativismo, Bethina destaca a importância do trabalho em equipe. “Eu não sou perfeita, sozinha sou fraca, por isso me apoio em meus colgas. Juntos, somos fortes. Isso é cooperativismo: chegar juntos ao mesmo lugar”, declara. É essa união, somada aos valores cooperativistas que despertam a paixão da jovem pela Cocari. “O que mais me encanta na cooperativa é o legado que se mantém em todos os níveis. A Cocari trabalha pelo bem comum, é importante para o desenvolvimento das áreas em que atua, isso também é cooperativismo”, afirma. Em sua dedicação diária, o produtor tem um espaço central. “O cooperado é o dono de tudo isso, estamos aqui por eles e trabalhamos por eles”, conta. Para a Bethina, a soma do trabalho da cooperativa ao trabalho do produtor é o que faz da Cocari um sucesso. “Estamos trabalhando cada vez mais em prol da fidelização, queremos o cooperado cada vez mais perto, produzindo e sendo bem atendido”, afirma.


Quando questionada sobre o segredo do sucesso profissional que veio tão cedo, Bethina reitera o amor pelo trabalho. “Eu sou apaixonada pela Cooperativa. O desafio de buscar metas cada vez melhores é o que nos move. É um prazer fazer parte do crescimento da cooperativa”, declara. Em sua percepção, o sucesso está totalmente ligado ao amor pelo que se faz e ao empenho diário. “O crescimento, aqui, vem quando o colaborador conhece o cooperativismo de verdade, há muitos profissionais exemplares que nos inspirar nesse caminho”, diz. Bethina destaca que, em sua trajetória, uma das pessoas que a inspiraram foi o gerente de Operações Cerrado, Fábio de Souza Xavier, que já foi destaque nesta coluna. “Pessoalmente, como uma pessoa que me inspira dentro da cooperativa, tenho o Fábio de Souza Xavier, que se dedicou à cooperativa e cresceu muito com a Cocari. Ele é um dos meus exemplos, vemos o crescimento e a dedicação dele desde que chegou à Cristalina”, elogia. Para ela, o trabalho constante e a busca por evolução são essenciais para uma trajetória bem sucedida na vida profissional e pessoal. “A Cocari oferece muitas oportunidades e dá espaço para pessoas interessadas no crescimento. Isso depende da dedicação, da qualificação e da troca de experiências. Temos que estar preparados no momento em que a oportunidade aparecer, e então seremos lembrados”, pontua. 


 Quanto a possíveis inseguranças que podem surgir no caminho, Bethina é enfática: “Eu nunca pensei em desistir. É preciso acreditar no seu potencial e ter pessoas que acreditem junto”. A gerente deixa um conselho àqueles que, por algum motivo, têm medo de arriscar. “Eu gosto de uma frase que diz que, se te oferecerem uma oportunidade incrível e você não tiver certeza se consegue, aceite e aprenda como fazer. Eu sou prova disso, é preciso se capacitar, se aperfeiçoar a cada dia, ter coragem para fazer a diferença dentro da cooperativa”, argumenta.


A jovem gerente reconhece que ainda há muitos desafios pela frente. “Continuar crescendo é muito desafiador, eu vou trabalhar, me preparar e fazer tudo para crescer junto com a Cocari” declara. E, sobre a unidade que gerencia, Bethina afirma: “Eu acredito muito no potencial da unidade de Ipameri e vou trabalhar para que ela cresça cada vez mais”. Emocionada, Bethina agradece por fazer parte da Cocari. “Eu agradeço a todos e todas que fazem do meu trabalho uma paixão. É uma honra saber que posso insipirar alguém aqui dentro da Cocari. Tenham a certeza de que estarei aqui, trabalhando e doando 100% de mim em tudo. Contem comigo!”, conclui Bethina Nunes Leite, a inspiradora, jovem e forte gerente da unidade de Ipameri.

 
COOPERATIVISMO IMPRENSA
 
RECURSOS HUMANOS CONTATO
 
 
COCARI
COCARI - Cooperativa Agropecuária e Industrial
Rua Lord Lovat, 420 - Jardim Esplanada
CEP: 86975-000 - Mandaguari - PR
Fone: (44)3233-8800
Entre em contato conosco
Copyright © 2015 COCARI - Todos os direitos reservados