WebMail  

O futuro das propriedades com a Agricultura Digital

06/03/2019 - 09:28:03  Cocari
Redação da C7 Comunicação


Com o tema “Agricultura digital: realidades e tendências”, a 16ª edição do Dia de Campo de Culturas de Verão e Pecuária da Cocari foi um verdadeiro sucesso. O evento foi promovido nos dias 30 e 31 de janeiro, no Centro Tecnológico Cocari (CTC), em Mandaguari, e contou com a participação de aproximadamente 2.200 cooperados, vindos de toda a área de ação da cooperativa no Paraná, que compreende 20 municípios. 


Institutos de pesquisas demonstraram a aplicabilidade de tecnologias disponíveis aos produtores. Houve exposição de maquinários e implementos agrícolas e pecuários, com tecnologias que otimizam a realização das atividades no campo. 


A primeira grande inovação do evento, percebida logo na entrada, foi a mudança na estrutura e adequação do CTC para receber o crescente número de estandes, ganhando ares de feira agropecuária. “O objetivo principal é que o produtor faça uma reflexão sobre a evolução tecnológica que está ocorrendo na agricultura e saia do Dia de Campo com mais definições quanto ao que pode fazer para diminuir os custos de produção, para termos resultados positivos nas propriedades”, observou Vilmar Sebold, presidente da Cocari. 


Sebold comentou sobre o momento atípico, de grandes desafios para a agricultura. Reduzir perdas e buscar maiores produtividades depende, em grande parte, do uso de tecnologias. Nesse sentido, o Dia de Campo da Cocari trouxe um leque de possibilidades a serem analisadas pelos cooperados. “É importante refletirmos. Há cerca de 20/30 anos, a produtividade total na soja era de 80 a 100 sacas. Hoje queremos 80 sacas por hectare. Essa é a realidade. Mas sem tecnologia isso não acontece”, enfatizou Sebold.


O evento teve foco na agricultura, com lavouras de soja e milho, bem como na pecuária, o que permitiu aos produtores conferirem, na prática, os resultados alcançados com parcelas de lavouras e capins, conhecendo ferramentas que estão ao seu alcance para aprimorar o processo de produção. Participantes visitaram o Pavilhão Expositor – Dr. Oripes Rodrigues Gomes e o Pavilhão Agropecuário – Dr. Décio da Silva Bacelar, que foram nomeados em homenagem a ex-presidentes da Cocari.


Revelando satisfação com o novo formato do Dia de Campo, o vice-presidente da Cocari, Dr. Marcos Trintinalha, comentou as novidades. “O formato que foi construído esse ano é, praticamente, o de uma feira, com diversas empresas expondo seus produtos.  Temos diversidade para os diferentes interesses, desde aquele que planta soja e milho, ao que veio para ver máquinas, equipamentos, inclusive para os pecuaristas, com exposição de animais de grande porte”, detalhou. “Trouxemos para os cooperados o que há de melhor em termos de tecnologia, com a sofisticação dos GPSs, drones e muito mais”, acrescentou.


Com o tema “Agricultura digital: realidades e tendências”, a 16ª edição do Dia de Campo de Culturas de Verão e Pecuária da Cocari foi um verdadeiro sucesso. O evento foi promovido nos dias 30 e 31 de janeiro, no Centro Tecnológico Cocari (CTC), em Mandaguari, e contou com a participação de aproximadamente 2.200 cooperados, vindos de toda a área de ação da cooperativa no Paraná, que compreende 20 municípios. 


Institutos de pesquisas demonstraram a aplicabilidade de tecnologias disponíveis aos produtores. Houve exposição de maquinários e implementos agrícolas e pecuários, com tecnologias que otimizam a realização das atividades no campo. 


Agricultura Digital foi o tema central desta edição do Dia de Campo. Uma palestra abordou a utilização de imagens e sensores aplicados à agricultura, para contribuir com informações para recomendações técnicas voltadas aos agricultores, tendo como objetivo final obter maior produtividade.


Convidado pela Cocari para falar aos cooperados durante o evento, o professor Dr. Marcos Rafael Nanni, que atua na área de Geociências, com ênfase em Sensoriamento Remoto e Meio Ambiente da Universidade Estadual de Maringá – UEM, destacou que a Agricultura Digital é a nova forma de estabelecer os sistemas de produção agrícola, por meio de uma série de sensores, imagens e aplicativos que podem agregar informações que muitas vezes o produtor não tem na propriedade. “Dentro do aspecto de Agricultura Digital, existe a possibilidade de a cooperativa ter um grande banco de dados dos cooperados e de suas produções, das culturas, podendo agregar informações para repassar ao produtor para que ele tenha ganho de produtividade”, esclareceu. 


Esse trabalho de pesquisa do GALeS (Grupo Aplicado ao Levantamento e Espacialização dos Solos), que é ligado à UEM, envolve alunos de mestrado, doutorado e graduação, além de professores do Departamento de Agronomia da universidade. “O grupo tem por objetivo fazer levantamentos em propriedades e dentro dessa verificação das áreas obtemos tanto informações sobre os solos, quanto das culturas”, apontou Nanni.


No Dia de Campo os cooperados puderam verificar como foi o desenvolvimento das culturas de verão, recebendo orientações dos técnicos da cooperativa, bem como dos representantes de empresas e órgãos parceiros, quanto às melhores opções para implantação nas propriedades, levando em conta o clima e a temperatura da região, a época de plantio, as variedades de soja e os híbridos de milho, a melhor alternativa para o controle de pragas e doenças entre outras recomendações. 


São oportunidades para importantes trocas de informações, envolvendo cooperados e familiares em busca da melhor tomada de decisão, com a finalidade de aprimorar a condução das lavouras, podendo obter maior rentabilidade ao final de cada safra.


Essa edição do Dia de Campo da Cocari contou com espaço exclusivo para atendimento aos pecuaristas, visando a fortalecer os laços junto à cooperativa.


Conforme apontou o coordenador técnico da Pecuária da Cocari, Wanderlei Batista Bicalho, atualmente, entre os mais de 7 mil cooperados, 90% são agricultores e 10% são pecuaristas. “Estamos com três técnicos a campo, acompanhando os pecuaristas e fazendo um levantamento dos índices potenciais, pontuando, na tentativa de melhorar a produtividade deles”, acrescentou Bicalho.  


Durante o Dia de Campo, a equipe demostrou os resultados do primeiro ano de trabalho. “Foi feito um experimento com os bovinos, com duração de 77 dias, observando rendimento, ganho de peso, qualidade de carcaça”, apontou o coordenador técnico.  


Os produtores também puderam conhecer as novidades em tecnologias disponíveis no mercado para o segmento, expostos pelas empresas do setor, que marcaram forte presença na participação da pecuária no Dia de Campo da Cocari. “Neste ano, a pecuária participou mais ativamente do evento, com 21 parceiros em estandes no CTC, para melhor atender os pecuaristas, prestando todo suporte necessário para obtermos os melhores resultados com a atividade”, ressaltou Bicalho.


O Transportador Revendedor Retalhista (TRR) da Cocari esteve presente no Dia de Campo com estrutura para receber os visitantes. Na ocasião, Nilson Lambiazzi, gerente de comercialização de combustíveis, salientou as vantagens da aquisição e entrega de combustíveis nesse serviço disponibilizado pela cooperativa. “Estamos reforçando aos produtores a qualidade dos nossos produtos, informando sobre os tanques para armazenagem que estão à venda, e o custo benefício que o diesel que disponibilizamos oferece ao produtor”, frisou. 


Colaboradores também apresentaram trabalhos desenvolvidos na Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS), destacando a importância do estudo aliado ao campo. Com tecnologia inovadora, a UBS investe no melhoramento de sementes em suas unidades de beneficiamento, serviço que posteriormente é repassado aos produtores para que possam aumentar a produtividade das lavouras. A tecnologia empregada no beneficiamento de sementes garante diversos benefícios, como stande uniforme, sementes de alto vigor e com alta germinação, melhor e mais rápido fechamento entrelinhas, aumento da produtividade, diminuição do risco de replantio e tratamento de sementes industrial.


Jacy Cesar Firmino da Rocha comentou que Agricultura Digital é um assunto que ainda assusta o produtor que não está acostumado. “É um tema novo e estamos abordando exatamente para levar informações e as tecnologias novas que estão disponíveis, como ferramentas para melhorar a produtividade do associado”, esclareceu.  


Diversas empresas parceiras da Cocari trouxeram para o Dia de Campo o que há de mais moderno sendo utilizado nas lavouras do Brasil e do mundo para demonstração aos cooperados. “Os cooperados vão precisar dominar as tecnologias, usar seus smartphones, tablets, porque todas as ferramentas estarão interligadas à agricultura e eles não precisam se assustar ou se preocupar, porque estaremos aqui para ajudar. A cooperativa, por meio de sua assistência técnica está preparada para auxiliar os cooperados na utilização dessas ferramentas”, garantiu Jacy.


O 16º Dia de Campo de Culturas de Verão e Pecuária reuniu produtores, técnicos e pesquisadores para a troca de informações em busca do alcance de maiores produtividades nas lavouras, sendo sucesso de público e importantes realizações. 


O presidente da Cocari, Vilmar Sebold, agradeceu a presença dos cooperados e a dedicação de todos os envolvidos na viabilização e realização de mais um evento, enaltecendo o trabalho de cada um na bela estrutura montada no CTC e anunciou novidades para a próxima edição. “Para o próximo ano temos que repensar o evento. É uma estrutura complexa para funcionar em apenas dois dias. Os produtores precisam de tempo para visitar e conhecer todas as novidades disponibilizadas. Nossa expectativa é de que o evento se torne uma feira agropecuária, com duração de três dias”, comentou. 


Falando em futuro, Sebold fez uma importante observação sobre a participação das famílias dos cooperados. “Quero agradecer a presença das mulheres, cada vez participando mais das iniciativas da Cocari, e estou encantado com a presença dos jovens. Quando vejo meninas e meninos acompanhando os pais, acredito que estamos preparando a nossa terra para o futuro, porque serão eles a cuidar e seguir com o trabalho na agricultura”, analisou o presidente.

 
COOPERATIVISMO IMPRENSA
 
RECURSOS HUMANOS CONTATO
 
 
COCARI
COCARI - Cooperativa Agropecuária e Industrial
Rua Lord Lovat, 420 - Jardim Esplanada
CEP: 86975-000 - Mandaguari - PR
Fone: (44)3233-8800
Entre em contato conosco
Copyright © 2015 COCARI - Todos os direitos reservados