WebMail  

Sensações e emoções marcam a realização das Pegadas Solidárias

22/01/2018 - 11:07:53  Cocari
Redação da C7 Comunicação


Colocar-se no lugar do outro. Imaginar o que sente uma pessoa que passa por grandes dificuldades, fome, frio, que sofre de solidão. As ações organizadas pela Liderança Jovem da Cocari e realizadas por meio do projeto Pegadas Solidárias se apoiam nessas preocupações e têm sido fortalecidas a cada ano, com engajamento cada vez maior dos filhos e filhas de cooperados, que em toda a área de ação da cooperativa se unem para tornar o Natal de pessoas da comunidade um pouco mais feliz. 


Os jovens contaram sobre as ações promovidas em benefício do próximo. Confira registros de algumas iniciativas.


 


Aquidaban: Um fim de ano mais digno


A regional Aquidaban realizou uma ação solidária que teve como foco uma família recém-chegada à região – um casal, com cinco filhos, sendo três meninos e duas meninas. O representante da Liderança Jovem Djalma Júnior Torres de Lima, de São Luiz, falou sobre a ação desenvolvida no dia 28 de dezembro. “Fizemos a entrega de alimentos para uma família carente da comunidade. Foi maravilhoso proporcionar a essa família um fim de ano mais digno. E pela maneira como fomos recebidos, deu para perceber que essa cesta básica ajudou bastante”, afirmou. 


A experiência o fez analisar a importância de sua ajuda, e o levou a fazer um apelo aos jovens da cooperativa. “Precisamos colaborar mais com pessoas da nossa comunidade. Muitas vezes pensamos que é preciso fazer coisas grandes para ajudar ao próximo, mas existem muitas pessoas perto de nós que precisam de tão pouco, basta olhar ao redor. Toda oportunidade de colaborar com a comunidade é muito bem-vinda”, ponderou Djalma Júnior.


 


Cruzmaltina: Música, alegria, lembranças


Um delicioso café da tarde, com muita alegria, dança, músicas que os fizeram lembrar da época em que eram jovens, uma viagem ao passado. Assim foi a tarde preparada pela ala jovem da regional Cruzmaltina aos idosos do Asilo São Vicente de Paulo, em Faxinal, dia 16 de dezembro. “Foi muito positivo contribuir com essa ação solidária, que foi um verdadeiro baile, com sanfoneiro e tudo, e ver nos olhos dos nossos queridos velhinhos que eles esquecem as dores, as saudades, as frustrações da vida”, destacou Wilson Alves de Oliveira.


O jovem tem visão bastante ampla de como é possível ajudar ao próximo. “Seja uma pessoa útil, alegre, honesta, procure sempre andar com pessoas boas, que tragam ensinamentos para o crescimento tanto econômico, quanto pessoal, espiritual, e tente colaborar com o próximo, pode ser financeiramente ou espiritualmente, pois a exemplo desta ação, entendi que os velhinhos não sentem falta de dinheiro, alimentos, roupas e sim de uma boa conversa, um abraço, de recordar e falar sobre o passado”, elencou. “Precisamos fazer coisas boas para servir de exemplo para os mais jovens”, concluiu Wilson.


 


Kaloré: Solidariedade é contagiante


No final de 2017, como tem sido nos anos anteriores, a ação solidária dos jovens da regional Kaloré foi realizada em prol do Asilo São Vicente de Paulo. Eles levaram alimentos e prepararam um festivo café da tarde para os moradores. “Com essas ações nós percebemos que não é preciso muito para fazer o bem. Levei um bombom de agrado e eles ficaram imensamente felizes”, conta Monise Karoline Leocadio. “Sempre me sinto muito bem realizando esse projeto, é muito satisfatório ver a alegria dos velhinhos ao nos receberem nas visitas”, afirma.


Monise tem consciência de que quem faz, fica tão feliz quanto quem recebe. “Acredito que as pessoas que tendem a ajudar ao próximo só têm a ganhar. Ganham respeito, dignidade e, principalmente, lealdade. Quem ajuda, mesmo que seja uma única pessoa a receber a boa ação, um dia será recompensado. O que é mínimo para nós, é muito para alguém”, constata a jovem. “A solidariedade é contagiante. Contagie e se deixe contagiar”, aconselha a integrante da Liderança Jovem.


 


Mandaguari: Sensação sem explicação



Na regional Mandaguari, os jovens levaram um café da manhã e posteriormente também entregaram alimentos arrecadados durante o Jovemcoop aos internos do Asilo São Vicente de Paulo. A ação foi promovida no dia 16 de dezembro. “Foi uma alegria muito grande passar uma manhã com eles, ver a felicidade dos idosos com a nossa chegada. Isso não tem preço”, aponta Fernando Rosseto. 


Durante a visita eles conversaram, contaram histórias e o brilho nos olhos dos velhinhos deixou os jovens com a sensação de dever cumprido. “Por tudo que eles passam e já passaram nessa vida, poder ajudá-los agora, mesmo com simples palavras de conforto, é algo que não tem explicação, é uma sensação que vamos levar para a vida inteira”, afirma. 


Analisando o hábito que muitos têm de reclamar da vida, sem pensar que existem outras pessoas passando por mais dificuldades, e ainda assim levam a vida sem reclamar, Fernando faz um chamado. “Deixo um convite para que todos os jovens participem de uma ação, para qualquer entidade carente, e com certeza irão mudar sua maneira de agir, pensar e enxergar o mundo. E no final, a satisfação por ajudar ao próximo será algo contagiante, como foi para mim e para todos que participaram dessa ação”, considera.


 


Marilândia do Sul: Ação rende lindos sorrisos



Um café da tarde e a realização de um bingo, em que todos ganhavam presentes no final, foi a maneira que os jovens da regional Marilândia do Sul encontraram para descontrair os idosos do Lar São Vicente de Paulo. “Venho participando há alguns anos, mas a cada edição é uma lição diferente, trago de lá ricas experiências de vida”, assegura Daieni Marangoni Machado. 


A jovem diz que os velhinhos também são atenciosos com os visitantes. “Sempre fazem pequenos elogios, mas que se tornam grandes, principalmente quando dizem que a maior felicidade é quando vamos lá. E o mais lindo de tudo são os sorrisos que ganhamos em troca”, garante Daieni.


A ação foi cercada de alegria, gestos de carinho, presentes e presenças. “Foi gratificante, pois pudemos ver como todos ficaram contentes com nossa chegada, a alegria de ter companhias naquela tarde, a emoção em receber presentes e a felicidade em ter visitas para compartilhar suas histórias e se divertirem”, aponta a jovem Maria Paula Martins. “Não tem preço compartilhar esses momentos únicos com aqueles que tanto esperam um simples carinho e um pouquinho de atenção”, completa.


 


São Pedro do Ivaí: Com amor, tudo se vence


Na regional São Pedro do Ivaí, a ação solidária promovida pela Liderança Jovem consistiu na entrega de alimentos para moradores do Asilo São Lourenço, em São João do Ivaí, que ocorreu no dia 27 de dezembro. A jovem Nadia Karina Bassanelo falou sobre a experiência adquirida com o projeto Pegadas Solidárias. “Adorei ter a oportunidade de contribuir com pessoas da nossa comunidade, pois ver o sorriso, a felicidade no olhar dos idosos, com a chegada dos alimentos, foi algo inexplicável. Saí desta ação me sentindo muito melhor por ter feito parte de uma experiência tão bonita e especial como essa”, disse.


Nadia deixou uma mensagem aos jovens da Cocari. “Jovens, deem valor a sua família e ajudem a sua comunidade, pois é muito triste saber que alguém está passando por necessidade. E quando digo necessidade, não estou falando apenas de fome ou bens materiais, mas também a falta de amor, carinho e atenção. Com o amor nada se compra, mas tudo se vence”, argumenta.

 
COOPERATIVISMO IMPRENSA
 
RECURSOS HUMANOS CONTATO
 
 
COCARI
COCARI - Cooperativa Agropecuária e Industrial
Rua Lord Lovat, 420 - Jardim Esplanada
CEP: 86975-000 - Mandaguari - PR
Fone: (44)3233-8800
Entre em contato conosco
Copyright © 2015 COCARI - Todos os direitos reservados